César Jatahy Fonseca é eleito juiz substituto do TRE-BA

Magistrado foi escolhido à unanimidade dos votos, no último dia 3 de outubro, em sessão da Corte Especial Administrativa do Tribunal Regional Federal da 1ª Região

César Jatahy Fonseca é eleito juiz substituto do TRE-BA

O juiz federal César Cintra Jatahy Fonseca foi eleito membro suplente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para o biênio 2019/2021. O magistrado ocupará a vaga deixada pelo juiz Ávio Mozar, que encerra seus dois anos na Corte Eleitoral baiana, no próximo dia 27. A cerimônia de posse está prevista para 13 de dezembro deste ano.

César Jatahy Fonseca foi escolhido à unanimidade dos votos, no último dia 3 de outubro, em sessão da Corte Especial Administrativa do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A seleção é feita por ordem de antiguidade, sendo César Jatahy escolhido por ser o mais antigo juiz federal na Seção Judiciária da Bahia que ainda não teve assento na Corte Eleitoral.

Histórico na Corte Eleitoral

Esta não será a primeira vez que o juiz César Jatahy colabora com a Justiça Eleitoral. Aos 18 anos de idade, o magistrado foi aprovado no concurso de auxiliar judiciário do TRE- BA, onde serviu de 1989 a 1993. Depois, atuou ainda como promotor eleitoral, acompanhando eleições em comarcas do interior do estado. Também foi juiz efetivo no tribunal maranhense, em 2004. O juiz federal comentou a expectativa em retornar ao TRE-BA. Para ele, motivo de muita satisfação, disse.

“Durante quatro anos tive o prazer de ser servidor do TRE. Aqui comecei minha vida funcional, foi o primeiro concurso público em que fui aprovado. Tenho uma expectativa muito boa em ser suplente do TRE da Bahia e em continuar esse trabalho exercido por todos os juízes eleitorais baianos”.

O novo juiz substituto da Corte Eleitoral baiana é filho do ex-vice-presidente e corregedor do TRE-BA desembargador Edmilson Jatahy Fonseca (falecido em 2017) e irmão do desembargador Jatahy Júnior, atual presidente do Regional baiano. O presidente disse que integrar a Corte Eleitoral, mesmo na condição de substituto, é uma grande honra para qualquer magistrado e tenho certeza que não será diferente para o Juiz Federal César Jatahy Fonseca. Jatahy Júnior ressaltou ainda que, mesmo ocorrendo uma necessidade da sua convocação, isso não gera qualquer problema, pois aquele que votar primeiro excluirá́ o outro irmão do julgamento.

Perfil

César Jatahy Fonseca graduou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia, em 1993. Mestre em Direito Público pela mesma instituição, com a defesa e aprovação da dissertação Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica Repensando a dogmática tradicional, na sociedade de riscos, para garantia da proteção penal do meio ambiente. Lecionou Direito Penal na Faculdade de Direito da UFBA de 1998 até 2000. Ensinou a mesma disciplina na Escola de Magistrados da Bahia (EMAB) por um ano e na Faculdade São Luís (MA), em 2003.

Na Justiça Federal ingressou como juiz substituto na Seção Judiciária da Bahia (1998), tendo atuado em diversas Varas até ser promovido, em 2001, à Juiz Federal Titular da 6ª Vara (Cível) da Seção Judiciária maranhense. No Maranhão, foi Diretor do Foro e Membro da Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais. Em 2004, foi removido para a Bahia. Hoje exerce atualmente a titularidade da 24ª. Vara Federal e está convocado para o TRF1 em Brasília.

Na Justiça Federal da 1ª Região, o magistrado esteve presente em várias correições ordinárias e foi designado para inspeções da Corregedoria-Geral nos demais TRFs. Participou, ainda, de mutirões e  itinerantes no âmbito dos Juizados Especiais Federais, assim como na Central de Conciliação. César Jatahy integrou as duas últimas listas tríplices para promoção por merecimento, elaborada pelo TRF1.

Últimas notícias postadas

Recentes