Justiça Eleitoral alerta para revisão biométrica obrigatória em Belmonte

Na cidade, cinco mil eleitores ainda não atenderam à convocação da Justiça Eleitoral; cidadão que não fizer o recadastramento biométrico terá o título cancelado

TRE-BA-atendimento-biometria

Em fase de revisão obrigatória, o cartório eleitoral de Belmonte alerta a população do município para a necessidade do recadastramento biométrico. Na cidade, cinco mil eleitores ainda não atenderam à convocação da Justiça Eleitoral. O cidadão que não fizer a biometria terá o título cancelado e pode ter dificuldades para obter empréstimos, tirar ou renovar passaporte, tomar posse em concurso público e ainda ser impedido de renovar matrícula em estabelecimento de ensino.

De acordo com a chefe da 34ª zona eleitoral de Belmonte, Alessandra Araújo, apesar dos esforços e ações de divulgação, o comparecimento do eleitorado ainda está abaixo da capacidade de atendimento do cartório. Ela afirma que, diariamente, são disponibilizadas 48 vagas, sendo 23 mediante agendamento e 25 por ordem de chegada, no cartório eleitoral. “Todos os dias estamos com vagas para atendimento, mas não estão sendo preenchidas. Nos postos temporários, instalados nos povoados, a população até tem buscado o serviço, mas na sede estamos com horários ociosos”.

Para fazer a biometria, o eleitor pode agendar o atendimento pelo site (agendamento.tre-ba.jus.br), telefone (0800 071 6505) ou whatsapp (71-3373-7223). Além disso, é possível buscar pelo atendimento espontâneo diretamente no posto, munido de documento de identificação com foto e comprovante de residência. O Fórum Eleitoral fica na Av. Riomar, 159, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.  

 TF

 

Últimas notícias postadas

Recentes