Comissão de Participação Feminina

Nesta área disponibilizamos informações sobre a Comissão de Participação Feminina, como objetivos, competências, composição etc.

Foi instituído, pela Portaria n.º 255, de 16 de julho de 2019, o Programa de Participação Feminina no âmbito interno e externo da Justiça Eleitoral da Bahia, que tem como objetivo:

I – propor políticas institucionais internas de valorização da mulher;

II – prevenir ocorrências de assédio, violência ou discriminação da mulher no ambiente interno de trabalho;

III – incentivar a participação de mulheres nos cargos de chefia e assessoramento, em bancas de concurso e como expositoras em eventos institucionais;

IV – incentivar a participação das mulheres no processo democrático por meio deações institucionais socioeducativas e de projetos voltados à cidadania política.

 

O programa é operacionalizado pela Comissão de Participação Feminina, que tem a seguinte composição:

I – o titular da Coordenadoria de Educação, Desenvolvimento, Atenção à Saúde e Benefícios;

II – o titular da Seção de Desenvolvimento Organizacional;

III – o titular da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores (Presidente);

IV – o titular da Seção de Recrutamento, Seleção e Desempenho (Presidente substituto);

V – o titular da Coordenadoria de Análise Técnica;

VI - o titular da Coordenadoria de Planejamento, de Estratégia e Gestão;

VII - o titular da Escola Judiciária Eleitoral;

VIII - o titular da Ouvidoria Regional Eleitoral;

IX - o titular da Assessoria de Comunicação Social;

X - o titular da Assistência de Cerimonial.

 

(Portaria n.º 255, de 16 de Julho de 2019)


Nesta área disponibilizamos as atas das reuniões realizadas pela Comissão de Participação Feminina, ao longo dos anos.

2020

Em razão do isolamento social, por conta da pandemia da Covid-19, não houve reunião neste exercício, até 20 de maio.

 

2019

Reunião de 28 de agosto