Colégio de Presidentes dos Tribunais Eleitorais quer inclusão da disciplina Sistemas Eleitorais nas faculdades de Direito

Comissão tem prazo de 180 dias para apresentar proposta ao plenário do Coptrel

TRE-MT COPTREL

O Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coprel)  vai propor a inclusão da cadeira de Sistemas Eleitorais na grade curricular dos cursos de graduação em Direito, em todo o país.

Uma comissão coordenada pelo presidente do TRE do Tocantins, desembargador Marcos Villas Boas, deverá elaborar a proposta em um prazo de 180 dias, e apresentá-la para análise do plenário do Coptrel. A comissão terá como membros os desembargadores Célia Regina de Lima Pinheiro (TRE-PA), Carlos Cini Machionatti (TRE-RS) e Carlos Eduardo da Rosa da Fonseca Passos (TRE-RJ).

A comissão poderá fazer gestão junto ao Congresso Nacional, doutrinadores e especialistas, para fortalecer os argumentos do trabalho em desenvolvimento, caso entenda necessário.

A Comissão foi instituída pela Portaria 002/2018, assinada pelo presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, desembargador Márcio Vidal (presidente do TRE-MT).

Com informações do site do TRE-MT.

Últimas notícias postadas

Recentes