Preocupação com eleitor é enfatizada durante audiência pública em Juazeiro

O evento, presidido pelo procurador regional eleitoral, Cláudio Gusmão, aconteceu nesta sexta (12/7)

Preocupação com eleitor é enfatizada durante audiência pública em Juazeiro

Dando continuidade às audiências públicas, determinadas pela presidência do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), foi realizada, na manhã desta sexta-feira (12/7), mais um encontro no município de Juazeiro. “O objetivo é trazer para a população local, autoridades e agentes públicos, o formato atual estabelecido para o recadastramento dos eleitores, que é o agendamento”, destacou o procurador regional eleitoral, Cláudio Gusmão. 

Na oportunidade, o procurador Gusmão, que representou o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, enfatizou a importância da colaboração das autoridades, a segurança que o recadastramento trará para o processo eleitoral, bem como a preocupação da atual gestão com o cidadão. “Esperamos que todos os atores envolvidos nesse processo estimulem a população das regiões envolvida à cidadania, no sentido de comparecer ao cartório eleitoral, mediante agendamento, que é a ferramenta introduzida de forma prioritária nesta última fase da biometria, e realizem biometria”, disse. 

Conforme o procurador eleitoral, a instalação de novos postos, aliada a metodologia implantada nesta última fase, “coloca o eleitor em uma situação mais digna, mais confortável e torna mais ágil o processo”, enfatizou. A meta da Justiça Eleitoral é concluir a biometria antes das eleições municipais de 2020.  

Em Juazeiro, a audiência pública foi direcionada à população dos municípios de Abaré, Casa Nova, Chorrochó, Curaçá, Macururé, Rodelas e Sobradinho. Na ocasião, foram debatidos mecanismos para colaborar e alavancar a biometria nas cidades. 

Agendamento 

O agendamento pode ser realizado por meio de site (agendamento.tre-ba.jus.br) ou telefone 0800 071 6505. Para agendar o atendimento, o número do título será solicitado. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número, o eleitor deve informar número do CPF, data de nascimento e nome completo dos pais. O cidadão também pode cadastrar o número de telefone e e-mail. Esses últimos dados são importantes para que o eleitor receba confirmação e lembretes do agendamento.

Últimas notícias postadas

Recentes