Estudantes de Brasília vencem II Olimpíada de Direito Eleitoral

Premiação aconteceu nesta sexta-feira (22/11) na Sala de Sessões do TRE-BA

Estudantes de Brasília vencem II Olimpíada de Direito Eleitoral

Os estudantes do Instituto Brasiliense de Direito (IBD) foram os vencedores da II Olímpiada Baiana de Direito Eleitoral, promovida pela Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE/BA). A premiação, na Sala de Sessões do Regional, aconteceu na tarde desta sexta-feira (22/11). A competição entre estudantes universitários busca incentivar o estudo e a prática jurídica do direito eleitoral. A equipe vencedora teve como tutor, Daniel Gustavo Falcão Pimentel dos Reis, os estudantes Francisco Mattos Silva Filho, Iury Henrique Cardoso de Melo, Gabriel Marinho Araújo da Silva e Matheus de Sousa Pereira. 

O presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Junior, celebrou a realização do evento, agradecendo o empenho dos envolvidos para o êxito da olimpíada. “Parabenizo a todos que se dedicaram para o acontecimento desta competição, tanto os servidores da EJE/BA, quanto a participação de todos os competidores. Espero que este evento estimule a todos vocês, integrantes das equipes desta edição, à vinda aqui ao Tribunal, ao acompanhamento das sessões de julgamento. Estejam todos abraçados e parabenizados pelo trabalho desenvolvido nesta II Olimpíada de Direito Eleitoral”. 

Na ocasião, o desembargador lembrou da homenagem ao desembargador Moacir Pitta Lima. “Hoje é um dia muito especial para Freddy Pitta Lima, presidir a olimpíada em que o prêmio leva o nome do querido e saudoso professor Maocir Pitta Lima, seu pai. É uma homenagem justa para o grande magistrado que foi. Conhecedor de processo penal e direito penal como poucos e que fez grande carreira na magistratura da Bahia, deixando seu nome escrito com letras de ouro na história do Poder Judiciário do estado”, contemplou. 

Premiação 

Nesta última fase, os estudantes tiveram que realizar uma sustentação oral sobre caso fictício lançado pelo servidor e professor de direito, Jaime Barreiros Neto. Após a sustentação oral feita pelas duas equipes finalistas, a comissão julgadora se reuniu e cada um lançou sua nota, premiando os alunos do IBD com as medalhas da olimpíada e com o troféu Moacyr Pitta Lima - homenagem, in memoriam - feita ao desembargador falecido em 2001. 

Para o estudante do 6º semestre, Iury Melo, mensurar a emoção em ter vencido a olimpíada foi inexplicável. “Não sei descrever, confesso que me emocionei muito em ter vencido, a gente pegou, nesta final, uns adversários muito gabaritados, campeões na última edição, é indescritível meu sentimento. Nós empenhamos esforços sem medida, é sempre muito complicado levantar recursos para vir de outro estado. Aproveito para parabenizar a EJE do TRE-BA e esperamos participar das próximas edições”. 

Satisfeito com mais uma edição da Olímpiada de Direito Eleitoral, Freddy Pitta Lima, diretor da EJE/BA, aplaudiu o resultado positivo. “Estou muito feliz com o sucesso do evento, que teve a participação de várias faculdades baianas e de fora da Bahia, com engajamento de muitos estudantes, a Escola Judiciária está de parabéns”, saudou o juiz.  

Além do presidente Jatahy, a comissão julgadora foi composta pelo diretor da EJE/BA, Freddy Pitta Lima, pela desembargadora Carmem Lúcia Pinheiro, pelo juiz ouvidor, Antônio Oswaldo Scarpa e pelo procurador eleitoral, Cláudio Gusmão. Compuseram a mesa, o diretor geral, Raimundo Vieira, a secretária judiciária, Marta Gavazza e o servidor da EJE/BA, Jaime Barreiros. 

 

HS

Últimas notícias postadas

Recentes