Advogada Carina Canguçu é empossada juíza substituta do TRE-BA

Evento, realizado na Sala de Sessões do Eleitoral, reuniu diversas autoridades na tarde desta segunda-feira (28/10)

TRE-BA: posse Carina Canguçu aconteceu nesta segunda-feira (28/10)

“Após duas décadas, uma mulher volta a integrar esta Corte Eleitoral na vaga destinada aos membros da OAB”, comemorou a advogada Carina Canguçu Virgens em seu discurso de posse como juíza substituta, no biênio 2019-2021, do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). O evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (28/10), na Sala de Sessões da Corte. 

Em evento lotado, amigos, familiares, colegas de profissão e admiradores da advogada acompanharam a assinatura do termo de posse. O presidente do TRE-BA, Jatahy Júnior, reafirmou as condições intelectuais, morais e a competência técnica da empossada, além de também celebrar a chegada de uma representação feminina para a classe dos advogados. “Sei que, tanto profissional quanto as qualidades pessoais, garantem a Carina Canguçu todas as condições de estar neste cargo que ora se empossa, e, certamente, contribuirá muito com os trabalhos da Justiça Eleitoral”, disse.

Em discurso emocionado, a juíza Patrícia Cerqueira Szporer destacou, além da trajetória profissional, a admiração pessoal pela empossada. “Que Dra. Carina Canguçu é advogada a mais de 20 anos todos sabem, mas talvez nem todos se recordem que a sua chegada vem quebrar um jejum histórico de ausência de juristas mulheres no TRE-BA”, lembrou a Juíza Patrícia. E citou ainda a filósofa Simone de Beauvoir para afirmar: “eu aprendi que existem mulheres fortes e mulheres que ainda não descobriram a força que têm. Encare as adversidades da vida como oportunidades para descobrir toda força que vossa excelência carrega dentro de si”. 

A recém-empossada agradeceu a presença de todos e se comprometeu a exercer a magistratura com equilíbrio, independência, lisura e consciência de suas responsabilidades, especialmente, na busca pela justiça, a partir do respeito inegociável a constituição e às leis. “O caminho foi longo até chegarmos ao lugar que a mulher ocupa hoje na sociedade, na política, na advocacia, nos tribunais e o papel que exerce na magistratura ao lado de tantos desafios paralelos na vida pessoal, familiar, social e cultural”. A jurista afirmou também não haver nada mais justo que a presença das mulheres nos locais de decisão e poder. 

Além do presidente do TRE-BA, Jatahy Júnior, a cerimônia de posse contou com a presença dos juízes e desembargadores membros da Corte; do vice-governador da Bahia João Leão; do vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis; da vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), Ana Patrícia Dantas; além de representantes da Associação de Magistrados da Bahia (AMAB); do Comando da 6ª Região Militar; do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); do Tribunal de Justiça (TJ-BA), entre outras autoridades.   

JM

Últimas notícias postadas

Recentes