Projeto Eleitor do Futuro está com inscrições abertas para escolas

Nesta terça-feira (8/5), 29 alunos da Escola Vivaldo da Costa Lima conheceram a sede do TRE-BA. A visita é uma das principais atividades do projeto, desenvolvido pelo Tribunal desde 2002

Projeto Eleitor do Futuro está com inscrições abertas para estudantes

Um total de 29 estudantes do 4º e 5º ano da Escola Vivaldo da Costa Lima (Pelourinho) participaram, na tarde desta terça-feira (7/5), de visita guiada na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A ação é uma das atividades do projeto Eleitor do Futuro, desenvolvido pela Escola Judiciária Eleitoral (EJE).

Outras instituições escolares, públicas e privadas, interessadas em participar do projeto podem entrar em contato com a EJE, órgão vinculado à Presidência do TRE, através do e-mail eje@tre-ba.gov.br ou pelo telefone (71) 3373-7221. O público alvo são estudantes com idade entre 10 e 15 anos. Para as escolas públicas, o SETPS pode dar o apoio no transporte dos estudantes. O projeto também pode realizar atividades nas escolas, desde que os gestores manifestem o desejo.

O Colégio Estadual Álvaro Augusto da Silva será o próximo a ser contemplado na atividade com visita marcada para o dia 23 de maio.

Visitação

A Vivaldo da Costa Lima foi a segunda escola a participar do projeto este ano. Os alunos vieram acompanhados das professoras Adriana Santos, Aretuza Edson, Cíntia Franco e da auxiliar administrativa Gabriela Reis. “Eles saem do mundo escolar e aqui vivenciam como funciona a Justiça Eleitoral. Todos eles saem encantados”, comenta Adriana Passos, Coordenadora da EJE. O projeto distribui ainda aos alunos e professores uma cartilha para que o trabalho seja continuado no dia a dia dos eleitores do futuro. “Aqui a semente é plantada”, conclui Adriana.   

“Eles estão tendo a oportunidade de vivenciar o momento da eleição e percebem, desde já, a importância de se estar fazendo esse trabalho junto com os professores e com as coordenadoras do próprio TRE”, avaliou a professora Adriana Santos.

Programação

Em palestra, e através da projeção de vídeo, foi esclarecido aos participantes qual a função da Justiça Eleitoral. A servidora Salete Saraiva interagiu com os espectadores na construção de uma representação teatral sobre a escolha do candidato.

Portados desses conhecimentos, os estudantes participaram de uma simulação de voto em uma urna eletrônica com candidatos fictícios. No roteiro, os alunos visitaram ainda o Memorial do TRE-BA e conheceram o procedimento da Central de Atendimento ao Público (CAP). 

HS

Últimas notícias postadas

Recentes