EJE-BA se reúne com representantes de escolas municipais em Porto Seguro

O encontro dá início ao processo de interiorização do ‘Projeto Eleitor do Futuro’ no estado

EJE-BA se reúne com representantes de escolas municipais em Porto Seguro; encontro dá início ao processo de interiorização do ‘Projeto Eleitor do Futuro’ no estado
Encontro dá início ao processo de interiorização do ‘Projeto Eleitor do Futuro’ no estado

A Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE-BA) esteve reunida nessa quarta-feira (17/5) com diretores, coordenadores e professores de escolas municipais de Porto Seguro, para uma primeira explanação visando a ampliação do ‘Projeto Eleitor do Futuro’ pelo interior do estado. Na oportunidade, foram repassadas informações sobre a proposta a fim de que as escolas possam desenvolver ações de cidadania entre estudantes do ensino fundamental, fomentando multiplicadores. 

O ‘Eleitor do Futuro’, idealizado em 2002 pela Corregedoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é um projeto bem sucedido e já consolidado na capital. Agora, a EJE-BA almeja estender a proposta formalizando parcerias com outras cidades baianas. 

Estiveram presentes à reunião, representantes de duas das maiores instituições de ensino da rede municipal de Porto Seguro: Colégios Álvaro Henrique e Municipal de Porto Seguro. Além de exposição da EJE-BA sobre o tema e troca de ideias entre os participantes, foram distribuídos materiais educativos (Cartilha Voto e Cidadania, Revista Coquetel do Eleitor do Futuro) e outros tantos serão disponibilizados via e-mail como vídeos, slides, textos informativos, roteiro para peça teatral, cordel, a fim de dar suporte às atividades dos professores com os alunos, na promoção do diálogo sobre democracia, cidadania, voto refletido.   

O trabalho em equipe é fundamental para o desenvolvimento do ‘Projeto Eleitor do Futuro’, ressalta a servidora da EJE-BA, Adriana Passos. “Precisamos debater política e cidadania com a juventude para formar eleitores mais conscientes. E essa empreitada só funcionará se contarmos com a parceria das escolas, por meio dos seus dirigentes e professores, envolvendo o alunado em atividades interdisciplinares”, complementa. 

Além da reunião, serão realizadas oficinas com cerca de 200 alunos dos colégios selecionados em Porto Seguro essa semana. Dando continuidade à iniciativa de interiorização do ‘Eleitor do Futuro’, a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia intenciona promover ações em Feira de Santana, Eunápolis e Vitória da Conquista ainda este ano. 

Educação voltada para a cultura 

O local definido para a palestra ministrada pela EJE-BA para os gestores das escolas de Porto Seguro foi o Centro Municipal de Pesquisa Educação e Cultura (CEMPEC). A unidade é uma extensão do Setor Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação e, desde 2015, oferece, gratuitamente à população, cursos em diversas áreas. Artes plásticas, teatro, dança, redação, criação poética, coral, percussão, além de biblioteca com um acervo de mais de 10 mil livros são alguns dos atrativos. 

Com número de vagas limitado ao espaço físico, o CEMPEC presta serviços a crianças e adolescentes, fundamentalmente, mas também atende adultos, idosos e pessoas com necessidades especiais. A programação é ininterrupta com atividades acontecendo até o período das férias escolares.

DS

 

Últimas notícias postadas

Recentes