EJE/BA participa de reunião para alinhar Projeto #PartiuMudar

Encontro foi realizado na sede da Secretaria de Educação do Estado da Bahia

Encontro foi realizado na sede da Secretaria de Educação do Estado da Bahia

O “Projeto #PartiuMudar – Educação para a Cidadania Democrática no Ensino Médio”  foi lançado no final de 2017, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), fruto de uma parceria entre a Justiça Eleitoral, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e as Escolas Judiciárias Eleitorais (EJEs), com o objetivo de estimular a curiosidade e o interesse dos jovens pela política, semeando uma postura crítica diante de informações e discursos aos quais sejam expostos no seu cotidiano, aproximando-os do processo eleitoral brasileiro. O Projeto vem complementar a iniciativa do Projeto Eleitor do Futuro, que tem como foco a formação da cidadania entre alunos do ensino fundamental.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), por meio da sua Escola Judiciária Eleitoral, firmou Acordo de Cooperação Técnica com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, visando o desenvolvimento do Projeto #PartiuMudar, consistindo em desenvolver ferramentas educacionais que permitam estimular e preparar o jovem para a vivência político-democrática, com a aproximação desse público com o processo eleitoral e político, por meio do sistema de educação formal.

Servidores da EJE/BA participaram, na última sexta (27/4), de reunião com representantes da Superintendência de Políticas Públicas para a Educação Básica – SUPED/DIREB, da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, e gestores das escolas selecionadas para participar do Projeto, com a finalidade de explicar acerca da temática e como será desenvolvido.

“A proposta do Projeto é trabalhar a educação para a cidadania com alunos do ensino médio, visando ampliar a discussão para além do jovem enquanto eleitor, mas também sobre sistemas políticos, o papel da mídia, direitos fundamentais, dentre outros temas. E para isso, vamos oferecer uma formação com professores universitários, para um grupo de professores, gestores e estudantes das escolas selecionadas, além de rodas de conversa”, disse Adriana Passos, servidora da EJE/BA.

O Projeto conta com um hotsite hospedado no portal do TSE na Internet, criado especificamente para esse fim, funcionando como base on-line de iniciativas e conteúdos voltados para a educação política. O portal conta com vídeos, imagens, guia do professor, guia do programa ”Eleitor do Futuro”, espaço para enquetes, bancos de boas práticas (de alunos e de professores) e notícias.

Encontros presenciais

Seis instituições de ensino da capital, com funcionamento em tempo integral, foram selecionadas para participar do Projeto neste primeiro ano em que será promovido: Colégio Estadual Marquês de Maricá, Colégio Estadual Edvaldo Fernandes, Colégio Estadual Pedro Calmon, Colégio Estadual Odorico Tavares, Colégio Estadual Helena Celestino e Colégio Estadual Professora Dalva Mattos.

A coordenadora de Educação Integral da Secretaria da Educação da Bahia, Helaine Souza, comentou sobre a proposta do Projeto, que visa estimular discussões das mais diversas esferas. “A participação da juventude na política é um elemento fundamental para renovação, e neste momento de crise de representatividade, não podemos esperar que essas discussões não aconteçam nas escolas, então é importante discutir isso com estudantes, professores, gestores. Como a proposta do #PartiuMudar aqui na Bahia está se desenhando, a ideia é fazer com que saia do senso comum e gere outras possibilidades de discussão sobre política, cidadania e direitos humanos”.

Serão quatro encontros, cada um com duração de 3h30, que serão ministrados por professores universitários, na sede do TRE-BA. No encerramento, a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia emitirá certificação aos participantes, mediante frequência de 75% e apresentação dos produtos solicitados.

TS

Últimas notícias postadas

Recentes