Audiência pública em Caculé debate o recadastramento biométrico

A discussão foi sobre como simplificar o processo para que os eleitores da região gastem o menor tempo possível

TRE-BA audiência Caculé

Juízes, servidores da Justiça Eleitoral e autoridades locais reuniram-se no município de Caculé para discutir a nova logística da biometria, durante a audiência pública realizada nesta quinta-feira (13/6). A audiência, realizada na Câmara Municipal da cidade, foi presidida pelo juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), Pedro Godinho.

Na ocasião, o juiz ressaltou a importância de aperfeiçoar e simplificar o processo de recadastramento. “A gente quer o menor transtorno possível, partindo da experiência da primeira revisão”, destacou o membro da corte, voltando os olhares em fazer diferente nesta fase e também indicando a importância do agendamento para agilizar o processo de recadastramento.  

A audiência pública em Caculé contemplou ainda aos municípios de Belo Campo, Caculé, Condeúba, Cordeiros, Guareju, Ibiassucê, Jacaraci, Licínio de Almeida, Mortugaba, Pindaí, Piripá, Presidência Jânio Quadros e Rio, com eleitores igualmente convocados para o recadastramento biométrico.

Agendamento

A nova fase da biometria no estado tem como prioridade o agendamento, por meio de site e telefone. Para o atendimento com hora marcada, o eleitor deverá acessar o endereço eletrônico agendamento.tre-ba.jus.br ou ligar para Central de Atendimento 0800 071 6505. Para agendar, o interessado deverá informar o número do título. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número, o eleitor deverá informar o número do CPF, data de nascimento e nome completo dos pais. Além disso, o cidadão poderá informar número de telefone e e-mail. Esses últimos dados são importantes para que o eleitor receba confirmação e lembretes sobre o agendamento.

Últimas notícias postadas

Recentes