Nova logística da biometria é debatida em audiência pública realizada em Bom Jesus da Lapa

No evento do TRE-BA presidido pelo juiz federal Ávio Mozar nesta quarta-feira (5/6), representantes da Justiça Eleitoral e governantes da região traçaram estratégias para o último ciclo da biometria no estado

Audiência pública em Bom Jesus da Lapa

A nova logística da biometria foi abordada pelo juiz federal Ávio Mozar durante a audiência pública realizada nesta terça-feira (5/6) pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), no município de Bom Jesus da Lapa. No evento, que ocorreu na Câmara Municipal da cidade, juízes e servidores da Justiça Eleitoral reuniram-se com representantes das prefeituras e câmaras de vereadores da região para debater sobre o último ciclo da biometria no estado. 

O juiz federal afirmou a importância de atuar em parceria com os poderes públicos de cada região, ressaltando que no último ciclo o objetivo era biometrizar 100% dos baianos, mas sem que isso fosse feito de forma desgastante. “Desde o ciclo anterior, o presidente do TRE-BA, desembargador Jatahy Júnior, mostrava-se preocupado com o estresse das filas em excesso, de pessoas dormindo nos pontos e de gente pagando para guardar lugar na fila”, disse Ávio Mozar. 

O diferencial deste momento, observou o juiz, foi a decisão do TRE-BA de replanejar a revisão biométrica no estado, estabelecendo o que ele considera a forma mais adequada aos eleitores. “O agendamento é realmente algo bastante simples. Para isso é necessário que o eleitor disponha apenas de um computador ou um celular”.                                                                                       

A audiência pública em Bom Jesus da Lapa serviu ainda aos municípios de Boquira, Brotas de Macaúbas, Ibipitanga, Ibotirama, Ipupiara, Macaúbas, Matina, Morpará, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Riacho de Santana, Serra do Ramalho e Sítio do Mato, com eleitores igualmente convocados para o recadastramento biométrico.

Agendamento

A nova fase da biometria no estado tem como prioridade o agendamento, por meio de site e telefone. Para o atendimento com hora marcada, o eleitor deverá acessar o endereço eletrônico agendamento.tre-ba.jus.br ou ligar para Central de Atendimento 0800 071 6505. Para agendar, o interessado deverá informar o número do título. Caso não possua a inscrição eleitoral ou não saiba o número, o eleitor deverá informar o número do CPF, data de nascimento e nome completo dos pais. Além disso, o cidadão poderá informar número de telefone e e-mail. Esses últimos dados são importantes para que o eleitor receba confirmação e lembretes sobre o agendamento. 

Últimas notícias postadas

Recentes