Feira de Santana é oficializada sede do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Sede administrativa do Eleitoral baiano foi instalada no interior do estado na segunda (18/3)

Sessão Plenária Itinerante - Feira de Santana - 18/03/2019 10:30

O município de Feira de Santana tornou-se sede administrativa do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). A sessão solene que oficializou a transferência foi realizada na manhã da segunda-feira (18/3), no Cajueiro Convenções.

O evento foi aberto com a execução do Hino Nacional brasileiro. Em seguida, o presidente do TRE baiano, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, fez seu pronunciamento, destacando a importância da realização da sessão de julgamento da Corte Eleitoral na cidade. “É uma forma de demonstrar à população e, mais especificamente, aos estudantes de Direito, como funciona o Tribunal, como funciona uma sessão de julgamento e mostrar ainda as causas que são entregues à Justiça Eleitoral para serem resolvidas.”

O desembargador Rotondano agradeceu também ao prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, pelo apoio dado à revisão biométrica do eleitorado, concluída em 31 de janeiro de 2018, quando 386.533 eleitores foram recadastrados. “A presença da Corte do TRE é extremamente importante para Feira de Santana e para os alunos da UNEF. A questão eleitoral não se reflete só no título, mas no respeito que é preciso haver entre candidatos e eleitores, em acabar com a corrupção, com a compra e a venda de votos”, afirmou o prefeito.

Além da Corte Eleitoral e do prefeito de Feira de Santana, compuseram a mesa da sessão solene, o presidente da UNEF, Jodilton Oliveira Souza, o juiz eleitoral da 157a zona eleitoral de Feira de Santana, Antônio Gomes de Oliveira Neto e o vice-presidente da OAB, subseção de Feira de Santana, Raphael Pitombo.

Confira na íntegra a sessão plenária em Feira de Santana

Eleitor do Futuro – Ainda como parte das atividades do TRE-BA no município, foram realizados mais dois eventos: o Projeto Eleitor do Futuro, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães e, no Cajueiro Convenções, a mesa-redonda sobre as trajetórias e desafios da mulher no século XXI, encerrando a passagem do Tribunal baiano na cidade.

Para o presidente da UNEF, Jodilton Souza, eventos como esses ajudam no crescimento e formação dos estudantes. “Para nós, essa parceria da UNEF com o TRE, é uma satisfação muito grande, porque uma instituição de ensino superior só sobrevive se ela tiver os parceiros que compõem a sociedade. Nós só formamos esses jovens se eles tiverem o entendimento e o conhecimento dos órgãos que compõem a sociedade”.

As ações foram promovidas por meio de parceria entre a Escola Judiciária da Bahia e a Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana.

TF

Últimas notícias postadas

Recentes