Pilão Arcado: diplomados prefeito e vice-prefeito eleitos em pleito suplementar

Diplomação foi sediada na Câmara Municipal de Pilão Arcado

TRE-BA diplomação Pilão Arcado

As atividades da Eleição Suplementar de Pilão Arcado foram finalizadas na sexta-feira (14/2), com a cerimônia de diplomação dos eleitos. O evento foi realizado na câmara municipal da cidade. Na ocasião, a Justiça Eleitoral da Bahia, por meio da 195ª Zona Eleitoral, diplomou Orgeto Bastos dos Santos e Jessé Alves Filho como prefeito e vice-prefeito do município. O pleito suplementar foi realizado no último dia 2 de fevereiro. Os eleitos cumprirão mandato até 31 de dezembro de 2020. 

Orgeto Bastos, da Coligação “Unidos o Trabalho Continua”, obteve 12.335 votos (69,16% dos votos válidos). O oponente, Raimundo Nonato Dias Santos (“Pilão Arcado quer Mudança”), obteve 5.500 votos (30,84% dos votos válidos). Dos 25.331 eleitores de Pilão Arcado, 19.097 (74,75%) compareceram às urnas e 6.234 (25,25%) se abstiveram. Do total de votos registrados, 1.013 (5,3%) foram votos nulos e outros 249 (1,3%) votos em branco. 

Entenda 

A eleição suplementar na cidade ocorreu após os mandatos do antigo prefeito de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, terem sido cassados pela Justiça Eleitoral. A acusação é de terem sido beneficiados com a prática de abuso de poder político e econômico, caracterizado na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação eleitoral. 

LS

Últimas notícias postadas

Recentes