Desembargador Jatahy Júnior recebe moção de aplausos, na sessão desta terça (15)

Reconhecimento foi proposto pelo vice-presidente do TRE-BA e corregedor eleitoral, desembargador Roberto Frank

Reconhecimento foi proposto pelo vice-presidente do TRE-BA e corregedor eleitoral, desembargador...

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador Jatahy Júnior, recebeu moção de aplausos e congratulações, na sessão plenária desta terça-feira (15/12). A deferência foi proposta pelo vice-presidente do TRE-BA e corregedor eleitoral, desembargador Roberto Frank, e foi aceita por todos os membros da corte.

A moção fez referência à Medalha Ministro Célio Silva, recebida por desembargador Jatahy Júnior, na segunda-feira (14/12), durante o VII Encontro Nacional do Colégio Permanente de Juristas da Justiça Eleitoral (Copeje), em Brasília. A medalha é a mais alta comenda concedida pelo Copeje em reconhecimento aos serviços prestados pelo fortalecimento da Justiça Eleitoral.

O desembargador Jatahy Júnior foi condecorado não apenas pela atuação à frente do TRE-BA, mas também pela liderança no Colégio de Presidentes de Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel).

“É um reconhecimento por ter enfrentado a primeira eleição com a informatização dos processos no PJe, bem como no cenário da pandemia”, observou o proponente.

O corregedor eleitoral destacou ainda que, apesar do cenário desafiador, os prazos eleitorais foram cumpridos e o pleito, realizado de forma exitosa. “O trabalho do nosso presidente enaltece toda a corte”.

O primeiro desembargador eleitoral a aderir à moção foi Baltazar Saraiva, empossado no TRE-BA na última sexta-feira (11/12). “Parabenizo tanto o presidente, quanto os demais membros desta corte, pela forma como a Eleição Municipal foi realizada. Adiro integralmente”.

O ouvidor do Eleitoral Baiano, Freddy Pita Lima, foi o segundo a aderir à moção ao presidente. “É mais do que merecida e justa a homenagem a quem tem conduzido este Tribunal com muita firmeza, inteligência e trabalho”.

O voto seguinte foi do cooperador do TRE-BA, Henrique Trindade, que esteve no evento em Brasília, da qual participaram o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o procurador geral da República, Augusto Aras. “Tive o privilégio de estar na cerimônia e pude perceber o prestígio do nosso presidente, que também foi um dos palestrantes na primeira mesa e, como de costume, deu aula falando das nossas eleições”.

O desembargador eleitoral e diretor da Escola Judiciária da Bahia (EJE-BA), Ávio Mozar, votaram na sequência, destacando “a admiração pela postura de trabalho, eficiência, lealdade e probidade do presidente. É com muita alegria que adiro à moção”. 

A desembargadora eleitoral Zandra Parada deu continuidade ao voto. “Não é surpresa o reconhecimento nacional para nós, que estamos aqui, no dia a dia, com o presidente e vendo o brilhantismo e a competência com que preside esta Casa”.

Para o procurador eleitoral Cláudio Gusmão, “é uma satisfação ter o presidente e o seu trabalho na corte reconhecido, o que eleva o nome do Tribunal e da Justiça Eleitoral”. O procurador afirmou que o Ministério Público se associava ao reconhecimento com muita satisfação.

Último a votar, o desembargador e vice-presidente da EJE-BA, José Batista Júnior, concordou com o reconhecimento lembrando que também esteve em Brasília, onde teve a oportunidade de ver o desembargador Jatahy Júnior receber a honraria. “Parabenizo o presidente e vou aderir por todos os motivos já citados pelos colegas”.

Últimas notícias postadas

Recentes