Além de conscientização, Eleitor do Futuro é oportunidade para jovens fazerem o 1º título

Antenada com o prazo do fechamento do Cadastro Eleitoral, em 7 de maio, a EJE/BA propõe, dentre outras atividades, o alistamento eleitoral aos estudantes durante visitas

Antenados com o prazo do fechamento do Cadastro Eleitoral, em 7 de maio, a coordenação da EJE/BA propõe, entre outras atividades, o alistamento eleitoral dos estudantes durante visitas

Em apenas dois meses a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia, vinculada ao Tribunal Regional Eleitoral (EJE/TRE-BA), recebeu mais de 360 estudantes de escolas de Salvador para as visitas por meio do projeto Eleitor do Futuro. A Coordenadora da EJE, Adriana Passos, que tem organizado a série de visitações, lembra aos jovens que completarem 16 anos até o dia 5 de outubro deste ano que, além das atividades no Tribunal, o projeto pode ser uma oportunidade para a emissão do primeiro título.

“É importante tirar o título de eleitor para que vocês já possam participar do processo democrático brasileiro, através do voto, nas eleições gerais deste ano”, alertou Adriana. Até o momento, 52 estudantes já fizeram o alistamento eleitoral através do projeto.

O incentivo para os jovens se alistarem ocorre no período que antecede o fechamento do Cadastro Eleitoral, em 7 de maio, data limite para o requerimento do título e uma série de serviços disponibilizados pela Justiça Eleitoral. No caso dos que já são eleitores, esta é também a data final para fazer a revisão de dados cadastrais; a transferência de domicílio; e a alteração no título eleitoral, caso tenha mudado de residência dentro do mesmo município. Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida também tem até 7 de maio para solicitar a transferência para uma seção especial, dotada de acessibilidade.

Vale lembrar que depois do prazo, o único serviço que será oferecido ao eleitor é a emissão de segunda via do título. 

Eleitor do Futuro

As visitas dos estudantes no âmbito do Eleitor do Futuro na sede do Regional baiano têm como propósito esclarecer ao público jovem acerca da função da Justiça Eleitoral, alertá-los para os seus direitos e deveres como cidadãos e para a importância de poder escolher nossos representantes nas eleições por meio do voto.

Em 2014, alunos de 12 escolas de Salvador, sendo uma da rede particular e 11 da rede municipal de ensino, já participaram das visitas, durante as quais, além de palestras ministradas por servidores do TRE-BA, há atividades, que de forma lúdica (encenação teatral, projeção de vídeo institucional) elucidam os temas tratados pelo projeto.

DS

Últimas notícias postadas

Recentes