Diretora da EJE-BA recebe representante do IMAP para conhecer resultado de projeto realizado em parceria

A reunião aconteceu na última quinta-feira (8/9); A juíza Fabiana Pellegrino recebeu o advogado do Núcleo Jurídico do IMAP, Heraldo Passos Júnior

A juíza Fabiana Pellegrino, diretora da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-BA), vinculada ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), recebeu na última quinta-feira (8/9) o advogado do Núcleo Jurídico do Instituto Municipal de Administração Pública (IMAP), Heraldo Passos Júnior. O encontro teve o objetivo de apresentar o relatório final de execução do projeto ‘Workshop: Eleições 2016’, realizado em parceria.  

A EJE-BA firmou acordo de cooperação com o IMAP a fim de colaborar na realização de workshops sobre as eleições 2016 em municípios polos eleitorais, com a participação de juízes, servidores e promotores da Justiça Eleitoral.  

Resultados 

Realizado gratuitamente nos municípios de Eunápolis, Itabuna, Simões Filho, Vitória da Conquista, Barreiras, Seabra e Feira de Santana, o workshop “Eleições 2016” teve como objetivo estimular o estudo, a discussão e a pesquisa em matéria eleitoral, bem como fomentar a construção da cidadania, os valores da democracia e a importância da liberdade do voto na busca do processo eleitoral regular para o combate da corrupção.  

Cada evento contou com dez palestras sobre temas relacionados às eleições municipais de 2016, como a Reforma Eleitoral, crimes eleitorais e as regras que precisavam ser cumpridas por aqueles que desejavam concorrer ao pleito.  

Ao todo, o projeto impactou 1.039 cidadãos, entre eleitores, pré-candidatos e servidores públicos. De acordo com a Juíza Fabiana Pellegrino, “a parceria cumpriu com a sua missão social ao levar conhecimento qualificado e atualizado necessário ao fortalecimento da cidadania”.

 

DM/TF

Últimas notícias postadas

Recentes

TSE lança página #ParticipaMulher

Página foi lançada pela ministra Rosa Weber, durante encontro com parlamentares da bancada feminina da Câmara, advogadas e mulheres representantes de entidades