V Concurso de Redação da EJE/BA premia alunas de escolas municipais

Cerimônia de premiação ocorreu nesta terça-feira (5/12), na Sala de Sessões do TRE-BA

V Concurso de Redação da EJE/BA premia alunas de escolas municipais; cerimônia de premiação aconteceu nesta terça-feira (5/12), na Sala de Sessões do TRE-BA

Promovido pela Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE/BA), do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), em parceria com a Diretoria Pedagógica (DIPE) da Secretaria Municipal de Educação do Salvador (SMED), o V Concurso de Redação premiou, nesta terça-feira (5/12), três alunas de escolas municipais da capital, cuja cerimônia ocorreu na Sala de Sessões do Eleitoral baiano. O Juiz Ouvidor do TRE-BA, Rui Carlos Barata Filho, saudou os presentes em nome da Corte eleitoral baiana, tendo em vista que a Diretora da Escola Judiciária Eleitoral, Juíza Patrícia Cerqueira Kertzman Szporer, encontra-se em viagem oficial.

A redação vencedora do primeiro lugar do certame foi da estudante Janessi Letícia Pereira dos Santos, do 8º ano da Escola Municipal Visconde de Cairu. A segunda e terceira colocadas, respectivamente, foram as estudantes Larissa Silva Rodrigues, do 9º ano da Escola Municipal Nova Sussuarana, e Milena Mota Correa, aluna do 9º ano da Escola Municipal Pirajá da Silva. Os prêmios foram um iPad, para o primeiro lugar, e um tablet para a segunda e terceira colocadas, que contou com o apoio da Coelba e do Banco Itaú.

Também foram premiados os professores que orientaram as estudantes autoras dos textos vencedores: Cássia Nascimento M. Santos, André Messias e Alberto Campelo, que receberam uma diária em hotel, um voucher de jantar e um voucher de almoço, referentes, respectivamente ao primeiro, segundo e terceiro lugar.

Para a vencedora da quinta edição do concurso, Janessi dos Santos, o tema da redação “Qualidades que o cidadão deve ter para se candidatar a um cargo eletivo” foi importante para a formação cidadã dos jovens. “No futuro, a gente vai ser eleitor, então temos que pensar em quem vamos votar para melhorar o país”, declarou.

Trinta e quatro escolas da rede municipal de ensino de Salvador participaram do Projeto “Eleitor do Futuro”, neste ano. “A Justiça Eleitoral tem como uma de suas funções, a educação para a cidadania. E o Projeto “Eleitor do Futuro” é um instrumento utilizado justamente para aproximar a Justiça Eleitoral dos jovens, levando informações sobre a importância do voto, direitos e deveres do cidadão, dentre outros. O V Concurso de Redação é a culminância da parceria realizada com a Secretaria Municipal de Educação”, afirmou Adriana Bittencourt Passos, da EJE/BA.

A educação para cidadania também é o motivo pelo qual a diretora da Escola Municipal Nova Sussuarana, Maísa Queiroz, estimula a participação dos alunos no concurso: “A gente enxerga como de grande importância para vivência deles como cidadãos. Já participamos do concurso há quatro edições e vemos bons frutos em todas as redações. É uma oportunidade do jovem se enxergar como cidadão em formação, dentro da nossa sociedade”.

Durante a cerimônia, além da premiação, também houve leitura de cordel pela servidora Salete Saraiva, e uma encenação teatral (texto escrito pela servidora Cláudia Cabús) apresentada pelos estudantes Alexandre Brito e Vitória Helen, estagiários do Projeto Menor Cidadão do TRE-BA.

Além do Juiz Ouvidor do TRE-BA, Rui Carlos Barata Filho, estiveram presentes na solenidade o Juiz Eleitoral da 27ª Zona/Itabuna, Antônio Carlos de Souza Hygino, a Diretora Pedagógica da SMED, Joelice Braga, representando o Secretário de Educação, Bruno Barral, assim como gestores, professores e estudantes das escolas referidas acima, e da Escola 2 de Julho. 

Últimas notícias postadas

Recentes