Estudantes da Faculdade Baiana de Direito participam do Projeto Universitário Cidadão

Dentre as atividades realizadas pelos estudantes, estiveram visita ao Memorial e a Biblioteca do Tribunal, além do acompanhamento de uma sessão de julgamento

TRE-BA  estudantes visita eje

Os estudantes de direito foram recepcionados pelos servidores da EJE-BA, Adriana Passos e Silas Santana, e visitaram, inicialmente, o Memorial do TRE-BA, que foi apresentado pelos servidores do Centro de Memória, Andréa Fabiana e Israel Almeida, que também contaram um pouco da história da Justiça Eleitoral.

“A visita ao memorial resgata a história e leva os alunos a conheceram a evolução do processo eleitoral”, afirmou Amanda Muller, responsável pelo Núcleo de Estágio da Faculdade, e acompanhante dos estudantes na ocasião.

Para a estudante Maria Aparecida, 21 anos, descobrir curiosidades a respeito da evolução das eleições e quanto às formalidades seguidas pelos magistrados foram os pontos fortes da visita. “O que mais chamou a minha atenção foi a evolução das máquinas e do processo de votação, que vem ficando cada vez mais seguro, além de poder entender o significado do uso da toga e sua formalidade”, contou.

Excepcionalmente incluída no roteiro, a visita a Biblioteca do Tribunal possibilitou aos estudantes receber informações acerca dos diversos conteúdos arquivados pela Justiça Eleitoral, bem como os projetos desenvolvidos pelo setor. “A visita me ajudou a compreender a importância da democracia. A história da Justiça Eleitoral aponta os erros que aconteceram e que não podem ser repetidos”, afirmou a estudante Maria Tainan, 21 anos.

Já o estudante Edi Franco, 36 anos, afirmou que essa iniciativa aproxima o cidadão da Justiça Eleitoral. “Projetos como esse causam empatia com o processo eleitoral. É enriquecedor”, disse.

Palestra

Além do acompanhamento de uma sessão de julgamento da Corte Eleitoral, os estudantes tiveram ainda a oportunidade de assistir uma palestra sobre as funções e ações da Justiça Eleitoral, ministrada pelo servidor e professor Jaime Barreiros.

Vanessa Mascarenhas, 19 anos, disse ser apaixonada por Direito Eleitoral e que já se imaginou trabalhando no TRE-BA. “Essa visita é importante para o aprofundamento do conhecimento profissional e humano, foram esclarecidos vários acontecimentos ocorridos tanto no nosso estado quanto no país”, contou.

As instituições de ensino superior podem agendar visita à sede do TRE-BA diretamente com a Escola Judiciária Eleitoral da Bahia (EJE-BA), pelo e-mail eje@tre-ba.jus.br ou pelo telefone (71) 3373-7221 / 7376/7445. 

BM

Últimas notícias postadas

Recentes

TSE lança página #ParticipaMulher

Página foi lançada pela ministra Rosa Weber, durante encontro com parlamentares da bancada feminina da Câmara, advogadas e mulheres representantes de entidades