TRE-BA e Governo do Estado formalizam parceria para atendimento no Ponto SAC e SAC Móvel

Objetivo é garantir que os serviços eleitorais, em especial o recadastramento biométrico, seja oferecido nas unidades da rede Ponto SAC e SAC Móvel

Objetivo é garantir que os serviços eleitorais, em especial o recadastramento biométrico, seja oferecido nas unidades da rede Ponto SAC

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, desembargador Jatahy Júnior, e o governador do Estado, Rui Costa, assinaram, nesta quinta-feira (19/12), termo de cooperação para instalação de guichês de atendimento da Justiça Eleitoral, com coleta de dados biométricos, em unidades do Ponto SAC e SAC Móvel. A parceria entre o TRE-BA e o Governo do Estado tem o objetivo de oferecer maior comodidade ao eleitor, bem como alavancar o trabalho de revisão biométrica que, atualmente, ocorre de maneira obrigatória em 242 municípios baianos

Durante a cerimônia, realizada no gabinete da Presidência do TRE baiano, o presidente do Eleitoral destacou a importância da contribuição dos gestores políticos nas ações desenvolvidas pela Justiça Eleitoral. “Só me resta agradecer a esta parceria firmada com o Governo do Estado, servirá para fecharmos o ano com chave de ouro. Acredito que com este apoio, a Bahia será o primeiro estado de grande porte da federação brasileira a biometrizar 100% dos eleitores”, ressalvou o desembargador Jatahy Júnior. 

O presidente lembrou, ainda, da logística desenvolvida para impulsionar o recadastramento nas localizações em procedimento convocatório. “A nossa intenção é fazer o processo de recadastramento biométrico sem sacrifícios ao cidadão. Assim, foram disponibilizados mecanismos para que o eleitor pudesse, de forma digna, realizar a biometria, sem filas. Posso citar o agendamento pelo 0800 071 6505, pelo WhatsApp, e lembrando do caminhão da biometria, além das inúmeras parcerias firmadas e as audiências realizadas em 25 cidades do interior”.    

Para o governador, Rui Costa, o Governo do Estado se coloca à disposição para ajudar a Justiça Eleitoral a alcançar a meta estabelecida. “Daremos a nossa contribuição para que o cidadão realize o procedimento biométrico. Independente do termo de cooperação, se surgir alguma outra forma que o Executivo possa colaborar, contem com nosso apoio. Tomarei a iniciativa de conversar com o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), para acionar os prefeitos das cidades incluídas no último ciclo da biometria, a fim de que nos meses de janeiro até o encerramento da convocação, em 18 de fevereiro, os prefeitos cooperem com a convocação, disponibilizando condições para atendimento”.   

Participaram do evento: o presidente em exercício do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Augusto de Lima Bispo; o corregedor das Comarcas do Interior do Estado, desembargador Salomão Resedá; a juíza substituta do TRE-BA, desembargadora Carmen Lúcia; desembargador Baltazar Saraiva; o secretário da Administração do Estado, Edelvino da Silva Góes; o procurador do estado, Jorge Salomão Oliveira Santos; juiz membro e cooperador do TRE-BA, Antônio Scarpa; juiz membro e vice-diretor da EJE/BA, Diego Castro; o procurador de Justiça do Ministério Público da Bahia, Adriani Pazelli; a procuradora Geral de Justiça Adjunta, Sara Mandra Rusciolelli; o ex-membro do TRE-BA, Marcelo Junqueira Ayres; o deputado federal, Daniel Almeida; o juiz membro substituto do TRE-BA, Eduardo Barreto; a procurador de Justiça do Estado, Márcia Virgens; o desembargador Pedro Guerra e a juíza membro substituta do TRE-BA, Carina Canguçu.            

 

Últimas notícias postadas

Recentes